Descubra agora: você é o seu herói ou o seu vilão?

September 15, 2015

 

Divirta-se com o artigo da Psicóloga Marilena Bigoto sobre o filme Divertida Mente

É gratificante ver um filme que fala das quatro emoções de base que fazem parte da estrutura psíquica do ser humano.

 

A Raiva que nos faz agir de forma impulsiva, impensada e, obviamente, passível de arrependimento no momento seguinte. Toda aquela chama que sai como um vulcão em erupção. A raiva é saudável.

O Medo, que nos traz preocupação, insegurança e ansiedade, mas que nos ensina o que é preservação, prevenção e a importância de pensarmos antes de agir. O problema é quando o Medo é muito grande ele paralisa nossas ações.

 

A Tristeza é exatamente a emoção “fofa” como aparece no filme. Ora dramática, ora pessimista, mas é a ela que devemos todo o processo de reflexão mais profundo, que nos leva a dar grandes saltos de crescimento na vida.

 

E a Alegria, aquela coisa bacana, viva, altiva, espontânea, mas, às vezes, pode se tornar vazia. Isso quer dizer que a Alegria pode nos iludir e mascarar aquilo que temos que enxergar. Mas, obviamente, é a emoção de base que todos nós queremos ter todos os dias de nossas vidas.

Agora, a Repulsa (Nojinho) não é uma emoção de base, mas eu diria que é uma função do ego, que tem a ver com os crivos de avaliação que vem do sentimento, da sensação e do pensamento, ou seja, faz com que a gente expresse o que gostamos, queremos, admiramos ou não. É como se representasse mais a nossa personalidade.

 

Gostei também das cores escolhidas, a raiva vermelha, como aquela energia avassaladora que queima por dentro; o Medo lilás, cor da espiritualidade, tudo a ver com a falta de fé; o azul representando a Tristeza, perfeito, pois é cor dos sentimentos mais profundos e a Alegria, amarelo, com a infantilidade e imaturidade que representa a cor. E o Nojinho, apesar do verde não ter a ver com repulsa, ainda assim, foi uma boa escolha.

 

Eu sendo um Tipo 8 no Eneagrama, e pertencente ao Centro Físico/Instintivo, a minha emoção de base mais presente no meu comportamento é a Raiva. O Tipo 8 expressa a raiva, os tipos 1 e 9 também têm essa emoção de base mais presente, porém o 1 contém a raiva e o 9 nega a raiva.

Já os tipos do Centro Mental tem como emoção de base mais presente, o Medo. O tipo 5 tem o medo latente, internalizado, o 6 sente medo e projeta para se preservar e o 7 tem medo e disfarça buscando soluções prazerosas para evitar sentir “meeeedo”.

 

E os tipos do Centro Emocional tem como emoção mais presente a Tristeza, pois sentem vergonha e não conseguem se conectar com o amor próprio, então ficam tristes. O tipo 4 sente muito essa tristeza dentro de si, o 3 sente, mas procura encontrar fora dele uma maneira de não sentir e o 2, por sua vez, reprime sua tristeza para parecer sempre alegre.

 

E a Alegria? Ah, gente! Todo mundo tem alegria, e também todas as emoções.

 

O Nojinho, a gente aprendeu a ter, todo mundo tem de alguma coisa ou alguma situação.

 

E você se localizou?

 

 

Marilena Borges Bigoto

 

Please reload

Featured Posts

Aprenda em 4 temas como transformar gestores comuns em líderes criativos e inspiradores para tornar a sua empresa muito mais inovadora em 2017!

March 28, 2017

1/2
Please reload

Recent Posts